Agentes Físicos de deterioração do acervo
  • Luz Solar e Lâmpadas Fluorescentes - a acção clareadora, causa o desbotamento ou o escuredimento de alguns papéis e algumas tintas e o seu enfraquecimento, ou seja, acelera o processo de envelhecimento do papel. A luz é um dos factores mais agravantes no processo de degradação dos materiais bibliográficos.
  • Temperatura e Humidade Relativa - Relativamente à temperatura o papel deteriora-se com o tempo mesmo que as condições de conservação sejam boas. O papel fica com a sua cor original alterada e torna-se frágil, chamando-se desta forma, o envelhecimento natural. Por outro lado, o excesso de humidade estraga muito mais o papel que a deficiência de água. No caso de deficiência de água, o papel pode passar por um processo de "hidratação". Em suma, tanto a temperatura e a humidade relativa ambas provocam a contracção e o alongamento das fibras do papel e predispõe a ataques biológicos quando os documentos se encontram sujeitos a níveis desaquados.
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License